Mostrando postagens com marcador Wacken Open Air. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Wacken Open Air. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Os melhores momentos do Wacken 2012

Assista no link abaixo os melhores momentos do Wacken 2012: 

http://www.wackentube.com/video/3462/Best+Impressions+of+W%3AO%3AA+2012+-+Trailer

domingo, 5 de agosto de 2012

Wacken 2013: Deep Purple confirmado


O Deep Purple foi confirmado como uma das atrações no Wacken Open Air 2013. A banda se junta a Anthrax, Nightwish, Doro (show especial de 30 anos), Arch Enemy, Rage & Lingua Mortis Orchestra, Sabaton, Amorphis e Subway To Sally. O festival acontece entre os dias 1 e 3 de agosto do ano que vem. A pré-venda de ingressos começa amanhã.

Morte no Wacken


A organização do Wacken Open Air anunciou que uma morte aconteceu na edição deste ano do evento. De acordo com a equipe médica que se encontrava no local, uma pessoa que se encontrava no camping adormeceu em uma lona perto de um gerador. A máquina emitia monóxido de carbono e acabou asfixiando a vítima. Depois de aproximadamente duas horas, os amigos do falecido o encontraram já sem vida. A emergência foi acionada, mas os serviços de atendimento se mostraram inúteis no momento.

sábado, 4 de agosto de 2012

Wacken já anuncia atrações de 2013


Nem acabou a edição atual e o Wacken Open Air já confirmou as primeiras atrações para 2013. São elas: Anthrax, Arch Enemy, Amorphis, Nightwish, Sabaton, Doro (show especial de 30 anos), Subway to Sally, e Rage & Lingua Mortis Orchestra. O evento acontecerá entre os dias 1º e 3 de agosto. A pré-venda de ingressos começa na segunda-feira.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Red Fang – Red Fang (Resenha de CD)



Lançado em 2009 o 1º e auto-intitulado álbum desta banda Americana é uma excelente opção para gosta de um som pesado e direto. O quarteto de Portland é formado por Maurice Bryan Giles (Guitarra/Vocal), David Sullivan(Guitarra/Vocal), John Sherman(Bateria) e Aaron Beam(Baixo/Vocal) apresenta claras influências de Black Sabbath e Stoner Rock, com um pé na garagem.
O disco abre com a faixa Prehistoric Dog, com um andamento acelerado, ótimos riffs e vocal rouco, ou seja, uma escolha perfeita para começar o play. O pique se mantém na faixa seguinte, Reverse Thunder. Na sequência temos a “melódica” Night Desytroyer, com um andamento mais lento e riffs lembram algo do Queens Of The Stone Age. Human Remains começa com uma introdução de órgão, seguida por baixo distorcido e andamento cadenciado sendo um pouco mais psicodélica, por conta das camadas de guitarras e do vocal com efeitos, mas com um refrão pesadíssimo, sendo um dos destaques do disco. As faixas seguintes são Good To Die (cujo vocal gritado nos faz lembrar algo de Nirvana) e Bird On Fire com um riff totalmente setentista. Wings of Fang segue no clima sabático com um andamento mais acelerado. A faixa Sharks, apesar de curta, mostra uma ótima variação de ritmos. Na minha opinião  a melhor do álbum, Whales And Leeches começa lenta e pesadíssima, alterna uma passagem climática no meio e volta a ficar pesada no final. Fechando o disco temos Witness com um começo que mais parece um ensaio e desemboca num ritmo acelerado com uma excelente levada de bateria, sendo uma das mais porradas do play.
Apesar de todas as referências, o som da banda é bastante original e não soa datado em nenhum momento. Para quem ainda não os conhece, eles lançaram um segundo disco em 2011, intitulado Murder The Mountains, pela Relapse Records e será uma das atrações da edição deste ano do Wacken Open Air.