Mostrando postagens com marcador facebook. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador facebook. Mostrar todas as postagens

domingo, 20 de maio de 2012

Bono nega especulações sobre ser um bilionário


Bono não gostou das notícias que saíram a seu respeito nos últimos dias. A saúde financeira do frontman do U2 vem sendo discutida e analisada após o anúncio da compra de 2,3% das ações do Facebook por meio de sua empresa de capital privado, a Elevation Partners (comprada por US$ 90 milhões em 2009). De acordo com os especialistas, Bono seria atualmente o músico mais rico do mundo, superando Paul McCartney.
No entanto, Bono nega que sua fortuna esteja avaliada em US$ 1,5 bilhão, o que o colocaria à frente do ex-beatle, que possui estimados US$ 1 bilhão na conta. O músico desdenhou dos relatórios feitos  por empresas especializadas e declarou que jamais ultrapassaria um beatle, além de ter dito que essas informações são uma piada sem graça.
"Na minha empresa Elevation, investimos dinheiro de outras pessoas – doações e fundos de pensão, por exemplo. Eu já me sentia rico aos 20 anos, mesmo que quem pagasse minhas contas fosse minha esposa. Estar numa banda já era uma benção. Mas me interessei por tecnologia, até mesmo porque sou um artista, queria aprender mais a respeito. O Facebook tem uma equipe fantástica, brilhante. É uma tecnologia que une as pessoas", finalizou Bono.
Falando sobre música, os últimos rumores davam conta que o U2 estaria trabalhando com compositores da boyband One Direction. Nesse caso, é melhor falarmos de dinheiro, não?

quinta-feira, 10 de maio de 2012

U2: Bono vai ganhar mais dinheiro no Facebook do que em toda a carreira de músico


De acordo com o site NewsComAu, Bono, vocalista do U2, ganhará mais dinheiro com suas ações do Facebook do que ganhou em toda sua carreira com venda de discos.
O músico veterano pagou US$ 210 milhões por 1,5% da rede social através de sua empresa de investimentos, a Elevation Partners, quando o site ainda estava começando. Com a entrada do Facebook no mercado de ações, o que deve acontecer na próxima semana, o site de relacionamentos será valorizado em algo entorno dos 100 bilhões de dólares. Logo, Bono ficará com 1,5 bilhão na sua modesta fatia do bolo.
Entretanto, a Elevation Partners nem sempre foi tão astuta. Outros investimentos, como a Forbes Media, Palm, e Move.com, não geraram o lucro esperado.
O valor da Forbes caiu sete vezes nos últimos três anos, enquanto o investimento de US$ 100 milhões na Move.com resultou em 50% de perda. A Elevantion só recuperou seu investimento na Palm quando a empresa de tecnologia foi vendida à Hewlett Packard. Parte do dinheiro já está destinada a alguns dos projetos de caridade, sendo a maioria deles de ajuda humanitária na África.


Fonte: Rockline

sábado, 3 de março de 2012

Facebook: site muda regras e pega bandas de surpresa

Para qualquer canto que você olhe, empresas e bandas estão mudando seus destinos para o Facebook. A VEVO acaba de mudar todo seu sistema de cadastramento para ‘a rede social’, e o Spotify não deve demorar pra fazer o mesmo.
Investidores estão depositando tudo em sites e serviços como o RootMusic, que giram totalmente em torno do Facebook, enquanto bandas acham que ‘likes’ no Facebook são TRÊS VEZES MAIS IMPORTANTES do que cadastramentos em listas de email.
Há uma razão óbvia para tudo isso. Mas também há um contraponto evidente: o Facebook pode – e irá – mudar as regras em relação a você da noite pro dia, muitas vezes com pouca antecipação ou nenhuma. Isso poderia levar a alterações incômodas, melhorias excelentes, ou guinadas dramáticas que poderiam muito bem chocar seu modelo de conduzir os negócios.
Que é EXATAMENTE O QUE ACONTECEU na quarta-feira passada, deixando todo mundo se rasgando para adaptar-se.
Isso tudo é parte de uma grande mudança de layout que gira em torno da timeline, e as mudanças poderiam ter um impacto dramático sobre os artistas e os negócios facebook-cêntricos.
A maior parte das mudanças parece ser isso: como parte da reviravolta, as bandas não podem mais fazer de sua página com aplicativo a página inicial de seus perfis (por exemplo, RootMusic, BandPage). Ao invés disso, todos os visitantes serão direcionados à página inicial com a timeline, com aplicativos relegados a uma tabela. O que implica em muito menos controle pros artistas, e um atraso potencialmente monstruoso para empresas como a RootMusic (e num grau menor, pra FanBridge, ReverbNation e outras).
E há mais manobras sendo enfiadas na sua garganta, muito provavelmente com pouco ou nenhum aviso. Isso inclui certas limitações em sua foto gigante de 815×320. Por exemplo, uma banda não pode incorporar nenhuma linguagem de marketing, ofertas especiais, como broches, ou camisetas.
Assim sendo, a RootMusic criou um guia rápido e compreensível para todas essas mudanças. É um belo auxílio – e lembre-se: as mudanças são obrigatórias até o dia 31 de março.

Veja mais notícias em rocknaveia-br.blogspot.com
Matéria original: Site do LoKaos Rock Show

Fonte: Facebook: site muda regras e pega bandas de surpresa